Estudantes de Barbalha representarão o Cariri em feira nacional

Projeto apresentado pelos estudantes barbalhenses também reduz o desperdício de água (Foto: Serena Morais/Jornal do Cariri)
Estudantes da Escola Otília Correia Saraiva, em Barbalha, vão representar o Cariri numa feira de Ciência e Tecnologia, no Sul do País. Eles desenvolveram um equipamento que melhora as condições de trabalho de quem trabalha sob altas temperaturas e dispositivos de alerta para o consumo consciente da água, reduzindo o desperdício. O ambiente de inspiração foi a própria escola.

Os estudantes Alexandre Henrique e Heled Haniel são apaixonados por tecnologia. Ao estudar a disciplina de robótica, ficaram intrigados ao colocar em prática os conhecimentos aprendidos em sala de aula. “Nós queríamos algo prático, que não ficasse apenas no projeto, mas que tivesse uma utilidade pública. Observando alguns ambientes da escola, percebemos que poderíamos deixar a nossa contribuição”, explica Alexandre.

Após observarem as condições de trabalho na cozinha da escola, os estudantes tiveram a primeira ideia e procuram o professor Teógenes Brito, que aceitou orientar o trabalho. “Eles tinham o desejo de criar um sensor que orientasse aos funcionários sobre a hora certa de dar uma pausa e sair do ambiente de alta temperatura para um local mais ventilado. Com isso, melhorar as condições de trabalho das funcionárias. Nós conseguimos criar o sensor que foi replicado em outros ambientes da escola”, relata Teógenes.

Além da cozinha, o dispositivo foi colocado na sala dos professores e em todas as salas com ar condicionado. “Quem está no ar condicionado, muitas vezes, não se dá conta de que é preciso se hidratar e deixa de ingerir água. Além da importância de ingerir água, o nosso projeto também se preocupou em evitar o desperdício. Antes, cada bebedouro chegava a desperdiçar 400 litros de água. Agora, instalamos um equipamento que emite um sinal sonoro, ao chegar a 16 litros, para que toda a escola saiba que chegou ao limite”, explica Heled.

Com a inovação, os estudantes já conseguiram medalhas e classificações em feiras. A última conquista foi na Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia (Fenecit), que aconteceu em Recife. No final deste mês de outubro, o grupo participará de uma feira de Ciência e Tecnologia em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. Caso sejam classificados, os estudantes representarão o país em feiras internacionais.

Fonte: Jornal do Cariri / Miséria

Horário de Verão tem início em três regiões do país

(Foto: Reprodução/Internet)
A partir da 0h deste domingo (19) os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão adiantar seus relógios em uma hora. A edição 2014/2015 do horário brasileiro de verão terá uma semana a mais, para não coincidir com o carnaval, e terminará no dia 22 de fevereiro do ano que vem.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, mesmo com uma duração maior, a medida deverá resultar em uma economia menor do que no ano passado. A estimativa é que sejam poupados R$ 278 milhões com geração de energia térmica. Na edição anterior a economia foi R$ 405 milhões.

O valor é menor devido à escassez de chuvas que elevou o uso da energia gerada pelas usinas térmicas. A estimativa é reduzir 4,5% na demanda de energia no horário de pico, entre as 18h e as 21h, o que representa 2.595 megawatts.

Fonte: Agência Brasil / Miséria

Economistas veem PIB crescendo 0,27% neste ano



Economistas de instituições financeiras fizeram poucas alterações em suas projeções sobre a economia brasileira, voltando a reduzir ligeiramente a perspectiva de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, segundo a pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira.

Com a atividade dando sinais recorrentes de fragilidade, os analistas consultados veem o PIB crescendo 0,27 por cento em 2014, contra 0,28 por cento na semana anterior, quando haviam interrompido 19 semanas seguidas de queda nas contas. Para 2015, a projeção de expansão foi mantida em 1,0 por cento.

A economia brasileira é um tema de destaque na disputa presidencial entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Depois de o país ter entrado em recessão técnica no primeiro semestre e em meio ao cenário de inflação elevada, os eleitores irão às urnas neste domingo para o segundo turno da eleição presidencial.

Em relação à alta do IPCA, a perspectiva para este ano permaneceu em 6,45 e para 2015, em 6,30 por cento, mostrou ainda o Focus. A meta do governo é de 4,5 por cento, com margem de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Depois de o IPCA ter chegado em 12 meses a 6,75 por cento em setembro, o mercado aguarda agora a divulgação na terça-feira dos números de outubro do IPCA-15.

Os analistas consultados também mantiveram as projeções para a Selic a 11 por cento neste ano e a 11,88 por cento em 2015.

Fonte: Reuters / Miséria

Combate à corrupção exige participação, diz especialista

Marcha Contra a Corrupção: segundo especialista, os jovens não se empenham suficientemente para reduzir desvios (Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil)
Os mecanismos de controle governamental do país, responsáveis por identificar irregularidades e desvios, estão muito melhores atualmente que no passado, mas a população ainda é pouco engajada nessas questões. “Eu diria que a população está desacreditada [do combate à corrupção]. Os jovens não se empenham suficientemente”, disse à Agência Brasil o diretor do Instituto Auditores Internos do Brasil, Paulo Gomes.

Segundo o auditor, as manifestações de junho de 2013, que levaram milhares de pessoas às ruas de diversas cidades brasileiras, foram movimentos pontuais e pouco numerosos em relação ao tamanho do país. De outro lado, Gomes ressaltou o papel da imprensa para pressionar por resultados nas investigações de corrupção. Ele também destacou que a reputação de uma empresa ou um órgão é muito importante e um escândalo financeiro pode resultar em perda de credibilidade.

Os temas estão sendo discutidos, desde domingo (19) até quarta-feira (22), por mais de 500 auditores de instituições públicas e privadas reunidos no 35º Congresso Brasileiro de Auditoria Interna (Conbrai), em Goiânia. O objetivo do encontro é discutir desafios e trocar experiências quanto a novas perspectivas no controle interno governamental do país.

Para o auditor, há uma evolução do processo de melhoria no controle e no combate a corrupção no Brasil, que, segundo ele, já foi pior. “Nos últimos anos, já houve o impeachment de um presidente da República e a cassação de governadores. Você vê, periodicamente, parlamentares sendo cassados e também situações de julgamento de processos na Justiça que antes não avançavam”, argumentou.

Apesar disso, ele observa que a Justiça ainda precisa dar resposta mais rápida a julgamentos desse tipo, para que a população não fique com a sensação de que há impunidade. “Para mim, a execução da apuração de corrupção avançou bastante, mas a questão do julgamento precisa avançar mais”, afirmou, lembrando que, em alguns casos, os processos até prescrevem pela demora.

Para o especialista, são muitos os fatores que contribuem para a descoberta de casos. “Hoje, é possível obter informações significavas na internet. O próprio governo vem incentivando o Portal da Transparência, onde ações de gastos públicos são colocadas , como, por exemplo, viagens a serviço no Brasil e no exterior e as compras de obras e serviços”

Paulo Gomes coloca como um dos maiores desafios a prevenção da fraude. “Combater a fraude depois que ela ocorre é complicado. O fraudador sempre está à frente, mas a partir do momento em que você cria mecanismos para controlar as informações principalmente financeiras você vai inibir a ação do fraudador, que geralmente acha que nunca vai ser descoberto. Às vezes o estrago financeiro não é tão grande quanto o da imagem da instituição”, lembrou.

Fonte: Agência Brasil / Miséria

Mais duas mortes no Cariri em virtude de acidentes com motos em Abaiara e Penaforte


Um adolescente de apenas 15 anos de idade e um homem de 49 anos morreram nesta quinta-feira em leitos de hospitais caririenses após acidentes de trânsito em rodovias que cortam esta região. Antonio Francisco de Souza Neto, de 15 anos, faleceu por volta do meio dia no Hospital Santo Antonio de Barbalha. Ele residia na Rua Licinho Leite Sampaio, 135 no município de Abaiara, onde será sepultado nesta sexta-feira.

Já no início da tarde, morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri João Matias Silva, de 49 anos, que residia no Sítio Campinho em Salgueiro (PE). No último dia 14 de julho, ele se envolveu em um acidente de trânsito na BR-116 à altura do município de Penaforte quando foi socorrido ao HRC. João Matias não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu poucos mais de três meses depois.

FONTE: Miséria

Apesar de melhorias nas estradas do Ceará, falhas persistem

Motoristas que trafegam pelas rodovias estaduais e federais do Ceará se deparam com condições precárias, sobretudo no que diz respeito à pavimentação, sinalização e geometria da via. Conforme pesquisa divulgada, ontem, pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), referente a 2014, houve um aumento da quilometragem considerada ótima no Estado, saltando de 50 Km no ano passado, para 195 Km neste ano, o que representa aumento de 290%. Porém, ainda assim, 76,5% das estradas foram avaliadas como regulares, ruins ou péssimas.

A pesquisa constatou também que 94,4% das rodovias cearenses são compostas por pista simples de mão dupla, totalizando 3.323 Km, e somente 196 Km são de pista dupla com canteiro central, barreira central ou faixa central. Em 65,9% das estradas foram apresentados problemas na condição da superfície do pavimento. Asfalto desgastado foi o principal problema identificado (53,4%), seguido de trincas na malha viária e remendos (10,5%), e afundamentos, ondulações e buracos (2%).

FONTE: Miséria