Urca e Uva também devem aderir ao Sisu


Em 2015, todas as universidades estaduais do Ceará deverão aderir ao Sistema de Seleção Unificado (Sisu). Comissões especiais das Universidades Vale do Acaraú (Uva) e Regional do Cariri (Uva) analisarão, ao longo do segundo semestre, metodologias e impactos da oferta de vagas ao sistema. A principal preocupação é sobre a garantia do acesso de estudantes das regiões onde as instituições estão instaladas e, entre os benefícios analisados, está a possibilidade de conseguir recursos federais.

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) divulgou, na última segunda-feira, que 50% das suas vagas serão destinadas ao Sisu no ano que vem. “Provavelmente a Uva vai aderir à metade das vagas também, mas ainda estamos discutindo”, afirmou o professor de Filosofia e presidente da Comissão de Análise de adesão ao Sisu da Uva, Antônio Glaudenir Brasil. Conforme ele, a decisão terá por base também a questão social, através da aplicação da Lei de Cotas, e de financiamento público. “A assistência a uma política estudantil é um dos fatores fundamentais para adesão”, frisou.

A previsão é de que, até junho, a Comissão possa apresentar dados aos setores administrativos da universidade e aos novos reitores, empossados ontem. Os debates a serem realizados durante seminário e um relatório feito a partir de pesquisa sobre o perfil dos estudantes da Uva subsidiarão a formulação dos dados. “Fizemos um convite à Secretaria da Educação Superior do Ministério da Educação (MEC) e à Universidade Estadual do Piauí (Uespi) para participarem do seminário. Queremos discutir com a comunidade acadêmica”, explicou Glaudenir.

Urca

Cerca de 1.250 vagas deverão ser ofertadas no vestibular 2015.1 da Urca. A universidade também estudará a possibilidade de adesão ao Sisu, entretanto, de acordo com a reitora Antônia Otomite Cortez, se aprovada, a mudança valerá apenas para o segundo semestre. “Estamos muito em cima do primeiro vestibular. A comissão que fará essa análise ainda não começou a executar os estudos sobre os impactos”, afirmou.

Três fatores foram destacados pela reitora: a manutenção da entrada de alunos da região do Cariri, a migração entre diferentes instituições do País, que pode retardar a ocupação de vagas na universidade; e o pagamento de vestibulares à instituição. “A questão financeira nem é tanto impedimento, mas temos de considerar que, hoje, os vestibulares são uma fonte de recursos para a universidade”, afirmou.

Apesar dos detalhamentos que ainda serão revistos, a reitora afirmou que a adesão ao Sisu pelas universidades estaduais “é coisa certa”. “É uma mudança que está dando certo, onde os problemas são infinitamente menores do que os benefícios”, ressaltou. A iniciativa da Uece, para Antônia Otomite, tem um peso significativo sobre as outras instituições cearenses. “Nos últimos anos temos trabalhado muito em alinhamento entre todas as universidades”, frisou.

Fonte: Iguatu Noticias

Inscrições abertas para curso de técnico em enfermagem do Senac Iguatu


O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), unidade de Iguatu, no Centro Sul do Estado, está com inscrições abertas até o dia 30 de abril para curso técnico em Enfermagem.
A capacitação é gratuita e destinada aos estudantes que cursaram o ensino médio ou que estejam cursando a 3ª série anual deste ensino. A idade mínima é de 18 anos.
O número de inscrições é limitada. São apenas 60 candidatos para concorrerem em processo seletivo a 25 vagas. As provas serão realizadas no dia 05 de maio, na sede do SENAC Iguatu.
O curso terá início no dia 02 de junho deste ano, no horário de 13h as 17h. 
No ato da inscrição o candidato deve apresentar a Xérox da RG, CPF, Comprovante de Residência e 2 fotos 3x4 recentes, além do comprovante de escolaridade, ou declaração de que está cursando o 3º ano do ensino médio.
O curso terá carga horária de 1.800 horas. Outras informações sobre o processo seletivo podem ser consultadas através dos telefones  (88) 3581 6073 / 3581 6097.


Fonte: Iguatu Noticias

Prorrogado prazo para inscrição no Edital do Programa Atleta Cidadão


Foto: Divulgação/ Secel 


A Federação de Triathlon do Estado do Ceará (Fetriece) prorrogou o prazo do Edital 2014 do Programa Atleta Cidadão da Secretaria Municipal de Esporte e lazer (Secel). Estagiários e professores graduados em educação física têm agora até o dia 25 de abril de 2014 para fazer a inscrição.


Os interessados devem entregar toda a documentação exigida no edital na sede da Fetriece, no horário de 8h às 13h ou na sala 11 da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, das 13h às 16h. Estão disponíveis 46 vagas para estagiários e 23 vagas para professores.


O processo seletivo será composto por duas etapas, com análise curricular na primeira fase. Já na segunda etapa da seleção, será realizada avaliação, por meio de uma atividade prática, aplicada diretamente pela Fretiece. Devido a mudança de data no calendário, a classificação final será divulgada no dia 29 de abril de 2014, no Portal de Prefeitura de Fortaleza e no site da Fetriece. Já o curso de capacitação com os aprovados acontece entre os dias 05 e 08 de maio.


As vagas são destinadas a estudantes de instituições de ensino superior do curso de educação física e educadores físicos graduados. Os interessados deverão apresentar o currículo acompanhado dos respectivos documentos comprobatórios  das atividades mencionadas (comprovante de matrícula e histórico escolar) ou o registro e/ou carteira do CREF.


Professores e estagiário deverão cumprir vinte horas (20h) semanais de atividades. A remuneração dos professores será no valor de R$ 999,60 mais vale transporte. Já os estagiários deverão receber mediante a concessão de Bolsa-Estágio o valor de R$ 400,00 mais auxílio transporte.

Fonte: Cearanews

Campanha de vacinação contra gripe inicia dia 22 de abril e vai até 9 de maio





A 16ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza será realizada de 22 de abril a 9 de maio. A mobilização em todo o país ocorrerá no dia 26 de abril. No Brasil, o público alvo representa, somando todos os grupos que serão vacinados, 49,6 milhões de pessoas, número superior aos 39,2 milhões da campanha no ano passado.


No Ceará, a meta neste ano é imunizar 80% da população de 1.995.760 pessoas, superando o público-alvo de 2013, que foi de 1.567.976 pessoas. Dentro da nova meta do Estado estão incluídos as 383.098 crianças de 2 a 4 anos, 11 meses e 29 dias, o novo público incluído na campanha de vacinação. No ano passado, o limite de idade da campanha nacional para vacinação de crianças era de seis meses a menores de dois anos.

Além das crianças de seis meses a menores de cinco anos, serão vacinados nesta campanha idosos com 60 anos ou mais, as gestantes, as puérperas – até 45 dias após o parto, os trabalhadores de saúde, os grupos portadores de doenças graves crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os povos indígenas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. Os idosos são o maior grupo a ser vacinado.

A principal prevenção contra a influenza é a vacinação. A campanha, feita todos os anos desde 1999, contribui para a prevenção da gripe nos grupos vacinados, além de apresentar impacto na redução das internações hospitalares, gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias e mortes evitáveis, destaca apresentação de informe técnico elaborado e divulgado pelo Ministério da Saúde.


De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a estimativa é de que de 5 a 15% da população sejam acometidos e que, globalmente, a influenza, doença respiratória infecciosa de origem viral, cause 3 a 5 milhões de casos graves e 500 mil mortes todos os anos. O melhor é prevenir, indo aos postos durante a campanha receber a vacina.


Fonte: Cearanews

Governo do Estado e Petrobras afinam cronograma para instalação da refinaria


Compartilhar no Facebook  Compartilhar isto em Twitter Enviar por e-mail




Representantes do Governo do Estado e da Petrobras se reuniram nesta terça-feira (15), na Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), para discutir o andamento do cronograma de ações para a instalação da refinaria Premium II no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). Entre as principais ações está a terceira fase da expansão do porto, obra que vai atender prioritariamente o empreendimento petrolífero.

“São projetos casados, um depende diretamente da consolidação do outro”, definiu o gerente-geral da Premium II, Paulo Turazzi. O secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele, comandou o encontro onde foram colocadas as prioridades para acelerar a instalação da refinaria no Ceará.

A terceira etapa da expansão do Porto do Pecém está com a abertura de licitação prevista para junho deste ano e consiste na construção de oito novos berços e um novo quebra-mar. Além disso serão realizadas diversas obras de adequação e modernização portuária. O Pecém, até 2020, deverá movimentar cerca de 60 milhões de toneladas de produtos devido aos novos projetos estruturantes que estão se instalando no Complexo Industrial na retroárea do porto, como a Siderúrgica, a Ferrovia Transnordestina e a Refinaria. Com esta movimentação o Pecém deverá estar entre os cinco maiores portos do país.

Já está em execução e com o cronograma acelerado a segunda etapa de ampliação do Porto do Pecém, com construção de dois novos berços, uma nova ponte de acesso e uma via sobre o quebra­-mar, com investimento de R$ 568 milhões; aquisição de uma nova correia transportadora com investimento de R$ 215 milhões e um novo descarregador de granéis com valor de R$ 80 milhões. Também será implantado um Terminal Intermodal de Cargas - TIC com detalhamento de investimento a ser definido através de PPP.

Também participaram do encontro a Cogerh, Cagece, Cearáportos, DER, Semace, PGE, além da Secretaria da Fazenda, representada pelo secretário João Marcos Maia e assessores que discutiram propostas de incentivos fiscais para a consolidação do projeto da refinaria. Para o secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele “é importante frisar a objetividade das discussões entre Estado e a Petrobras e o entendimento dessa reunião como mais uma ação voltada para a concretização deste sonho”.

PREMIUM II É UMA REALIDADE
“A refinaria está no plano de negócios da Petrobras apresentado pela presidente Graça Foster e consta como projeto em licitação”, observou o gerente de Estruturação da Premium II, Raimundo Lutif, deixando claro que o empreendimento faz parte das prioridades da estatal. Outra garantia da instalação da Premium II  é que até o final do mês de abril está previsto lançamento de convites de licitações de pacotes de obras do empreendimento e a licitação de geração de hidrogênio para a refinaria, que já se encontra em andamento.

* Com informações da Seinfra

Demanda das empresas por crédito recua 5,3% em março, aponta Serasa Experian


A busca das empresas por crédito recuou 5,3% em março, na comparação com o mês anterior, segundo pesquisa divulgada hoje (16) pela empresa de consultoria Serasa Experian. Na comparação com março do ano passado, foi registrada queda de 1,2%. No acumulado do ano, no entanto, o indicador apresenta alta de 3,6%, em relação a igual período de 2013.
Os economistas da Serasa Experian avaliam que esse decréscimo reflete a menor quantidade de dias úteis no mês, pois o carnaval deste ano foi em março. A alta do trimestre, por sua vez, está relacionada a uma antecipação da busca por crédito para compensar, previamente, a atividade produtiva por conta das reduções de horas de produção durante a Copa do Mundo.

Em março, apenas as empresas de grande porte não apresentaram queda no indicador. Essa categoria registrou crescimento de 10,3% em março, ante fevereiro. No acumulado do ano, as grandes empresas também lideram a alta da demanda empresarial com expansão de 10,6% em relação ao três primeiros meses de 2013.
As micro e pequenas empresas, por sua vez, registraram recuo de 1,2%. No trimestre também verifica-se redução do indicador, com queda de 3,9%. Nas médias empresas, a busca por crédito caiu 3% no mês de março e 2,3% no acumulado do ano.
Na análise por setor, o maior recuo ocorreu no comércio, com queda de 2,8% em março, na comparação com o mês anterior. A indústria registra declínio de 2,5%. Apenas o setor de serviços apresentou avanço (0,9%) na demanda por crédito em março.
Na comparação por região, as empresas do Centro-Oeste apresentaram maior alta na demanda por crédito (16,6%), seguidas pelas da Região Norte (8,6%). No Nordeste, a expansão na busca por crédito foi menor (0,5%). No Sul e Sudeste, a busca por crédito registrou quedas de 3,1% e 4,9% em março, na comparação com fevereiro, respectivamente.

Fonte: Agência do Brasil